Steve Jobs o Visionário

quinta-feira
19:35:49
junho
15 2017

Steve Jobs o Visionário

Rio de Janeiro 28.03 - 7.05.2017, Pier Mauà
San Paolo 15.06 - 20.08.2017, MIS. Museu da Imagem e do Som

Idéia e produção da exposição: Fullbrand
Conceito e Direção de Arte da exposição: Ico Migliore e Mara Servetto - Migliore+Servetto Architects
Curadoria dos conteúdos: Cecilia Botta e Massimo Temporelli

View 136.7K

word 683 read time 3 minutes, 24 Seconds

O projeto da exposição “Steve Jobs o visionário” pensado por Migliore+Servetto Architects, concebido e produzido por Fullbrand no Pier Mauá do Rio de Janeiro e no MIS de São Paulo, cria um percurso de conhecimento estruturado por células narrativas, que fazem com que o visitante tenha, de vez em vez, um relacionamento diferente com os conteúdos expostos.

São seis instalações diferentes, cada uma construída sobre a temática individual do curador, para oferecer chaves de leitura envolventes sobre a complexa personalidade de Steve Jobs: desde a procura de espiritualidade dos primeiros anos, até o sonho cinematográfico encarnado pela Pixar; desde o conceito de inovação que é a base dos seus produtos, até a idéia de business da Apple: desde as falências sofridas durante a carreira até a competição contínua que forçava Jobs a experimentar e inovar constantemente.

Na entrada da exposição, o visitante é acolhido por um túnel caleidoscópico que, entre inesperadas duplicações do espaço e projeções gráficas dinâmicas, define um primeiro momento imersivo, uma etapa de transição antes de entrar no mundo e na cabeça de Jobs.

Depois desse limiar, as células que enfrentam os temas da espiritualidade, da inovação, e do sonho se apresentam como grandes gaiolas narrativas, espaços densos e permeáveis, desfrutáveis por fora e por dentro. São grandes estruturas que acolhem objetos significativos do mundo de Jobs: os livros lidos e os discos escutados, os rascunhos e os curtas da Pixar, o histórico Macintosh de 1984. Em oposição a esse conto dinâmico, com o suporte de videos históricos e projeções, tem uma grande estante que, para cada uma das três células, apresenta e recolhe outros fragmentos do mundo de Jobs.

Em contraste com a forma concluída que essas três áreas assumem no espaço, o visitante se aproxima as três seguintes temáticas, movendo-se livremente no ambiente da exposição onde são elas desagregadas e dilatadas.

O conceito de business é representado através de uma interpretação da Apple store cristalizada na mágica atmosfera cheia de expectativas de 2007, até o lançamento do primeiro iPhone. Em volta é
desenvolvido um rico conto sobre a evolução histórica das Apple stores, ritmado com o fluir das imagens e gráficas dinâmicas.

As falências de Jobs, lidas como etapas fundamentais para atingir o sucesso, são representadas através três grandes “baús” que quando se abrem mostram a oposição entre um projeto de sucesso

O tema da competição é mostrado, por fim, através da comparação da figura de Steve Jobs com cada um dos seus adversários: desde Bill Gates até a IBM, desde a mesma Apple até a Samsung. Dentro de cada um desses binômios representados com a reprodução em escala real dos dois adversários, um video histórico de documentação restitui com a potência da imagem a realidade da tensão do confronto.

No final do percurso, se entra na ágora dos números, um espaço envolvente onde descobre todos os números de Steve Jobs. Aqui, através de monitores interativos e projeções, se estabelece um diálogo entre visitante e exposição: perguntas e respostas nos dois sentidos abrem curiosidades e aprofundamentos onde cada um pode seguir livremente os próprios interesses.

“Em frente a uma personalidade assim complexa e variada, nós criamos a exposição como uma soma de oito ambientes de narração muito diferentes um do outro, desenhados para aproximar o visitante, de uma maneira única e envolvente, a cada temática.”

Source by MIGLIORE_SERVETTO


LSNN is an independent editor which relies on reader support. We disclose the reality of the facts, after careful observations of the contents rigorously taken from direct sources, we work in the direction of freedom of expression and for human rights , in an oppressed society that struggles more and more in differentiating. Collecting contributions allows us to continue giving reliable information that takes many hours of work. LSNN is in continuous development and offers its own platform, to give space to authors, who fully exploit its potential. Your help is also needed now more than ever!

In a world, where disinformation is the main strategy, adopted to be able to act sometimes to the detriment of human rights by increasingly reducing freedom of expression , You can make a difference by helping us to keep disclosure alive. This project was born in June 1999 and has become a real mission, which we carry out with dedication and always independently "this is a fact: we have never made use of funds or contributions of any kind, we have always self-financed every single operation and dissemination project ". Give your hard-earned cash to sites or channels that change flags every time the wind blows , LSNN is proof that you don't change flags you were born for! We have seen the birth of realities that die after a few months at most after two years. Those who continue in the nurturing reality of which there is no history, in some way contribute in taking more and more freedom of expression from people who, like You , have decided and want to live in a more ethical world, in which existing is not a right to be conquered, L or it is because you already exist and were born with these rights! The ability to distinguish and decide intelligently is a fact, which allows us to continue . An important fact is the time that «LSNN takes» and it is remarkable! Countless hours in source research and control, development, security, public relations, is the foundation of our basic and day-to-day tasks. We do not schedule releases and publications, everything happens spontaneously and at all hours of the day or night, in the instant in which the single author or whoever writes or curates the contents makes them public. LSNN has made this popular project pure love, in the direction of the right of expression and always on the side of human rights. Thanks, contribute now click here this is the wallet to contribute


Similar Articles / Steve Jo...sionário
from: rockitalia
by: Rockitalia
from: ladysilvia
by: Colap
from: ladysilvia
by: Apple
from: ladysilvia
by: Apple
from: ladysilvia
by: Apple
from: ladysilvia
by: Apple